trapacear a língua

25 fevereiro 2017

Não está fácil esquecer o trabalho.

(faz exactamente um ano que me queixava do mesmo. Sinto-me assoberbada e ainda reclamam com os resultados. Amanhã será melhor, a semana será melhor. Esquecer e senao for ali será noutro lado, a fazer outra coisa. Não posso é ficar maluca com isto, com os resultados que saem fora do expectável)

16 fevereiro 2017

A precisar de escrever.

01 janeiro 2017

O passar dos anos

Vem o tempo em que não se consegue dizer que não? É isso?

Acabou por correr bem e de gostar de as ter cá, mas ter que subir meia noite para brindar com sogros e cunhados não estava nos planos. (sim, continuo magoada. Nao consigo nao mostrar que não estou)

Argh

29 dezembro 2016

2016 em imagens

Trânsito e mais trânsito

Ponte lima

Novas amizades (para vida)

Natal (tempo para ter tempo), na aldeia

Llansol (porque isto um dia vai fazer sentido)

Finitude de quem nunca vai findar

Viseu

Baiona

Sanxenxo (os copos de vinho, ai os copos de vinho)

Sobrinhos, aniversário

Afurada

S. Pedro

Algarve (férias tão mas tão boas)

Nascimento do Pedro

Início da caminhada (Abril), com os livros de horas para acompanharem

Mirando do Douro (tão, mas tão bom)

Peniche (continuidade de afectos)

Trabalho/empresa

Primeiro por sol do ano

20 dezembro 2016

Esgotado

Brrr.

Os lamentos, só me lamento. Como é possível ter andado tão distraída e só no domingo ter percebi que vinha a Portugal o dave matthews? Really?!

(nao esquecer: nao me lamentar. Chega de lamentos, avança para frente. E ama, ama. Como ama o amor.)

18 dezembro 2016

Gratitude (não esquecer)

http://www.coliseu.pt/index.php/agenda/evento/342-dave-matthews-tim-reynolds

Promete 2017. Só por isto e apenas por isto.

:-D

Eu sei que

Mas hoje vi um filme lindíssimo, filme baseado num livro escrito por esta senhora (da ted talks) e quero muito puder lê-lo (meio sol amarelo).

Aqui está o link:

http://www.ted.com/talks/chimamanda_adichie_the_danger_of_a_single_story#t-1110331

12 dezembro 2016

We can be free of our sad histories

And we will

(casa, empréstimo, compra, alugar)

06 dezembro 2016

Era

Para ter chegado aqui, ao dia de hoje, e falar de como a manobra de semont apresenta melhores resultados que a de epley.

Mas não ter água quente em casa não me ajuda a perceber que o dia correu bem. Já se percebeu, certo? Tenho que ir a banhos a casa dos sogros. (Arre)

...velhas trapaças...