07 setembro 2017

Update #irma

Não está fácil. Não está fácil. 


06 setembro 2017

Este Dia

Não está a correr bem. Mas porque não te calas? Arghhh

Ninguém tem nada a ver com as minhas coisas. Bolas é assim tão difícil de perceber? 

(Faltam 3 dias para passar o atlântico. Ai give me peace, peace.)


27 agosto 2017

Post Secret

Marcámos uma viagem para o outro lado do oceano. Ele está felicíssimo, eu numa agonia que não aguento.

(Vai correr bem, vai correr bem)

18 agosto 2017

Post Secret

Se não fosse pelo amor, carinho, ternura que tenho pelo meu marido (e, também, não lhe negar a paternidade) desistia deste processo.

15 agosto 2017

Desta Minha Coisa

De não querer estar com ninguém fora do perímetro da aldeia. 

(Ai. Estes meus 35 não estão a trazer nada de mt bom. É que até parece que fico com taquicardia qd combino ou qd me combinam coisas fora do perímetro da aldeia)




13 agosto 2017

Os Copos De Vinho

Da galiza. Tao, mas tao bom.

(Sim, oscilo do mau para o bom humor em dois dias.)

12 agosto 2017

Neurastesia

No limite da minha paciência - pensava que se resumia ao trabalho mas afinal está a estender-se a outros campos. Sem paciência para os excessos alimentares/bebida do sr J. Sem paciência para as conversas em que se só fala de comida, sem paciência para noitadas que terminam às duas da manhã (querendo eu no dia a seguir ir ao body balance). Sem paciência para sestas de 5 horas. Sem paciência para tua incapacidade de dizer não (e que tenhamos de fazer uma viagem de 6 horas num fim de semana, pós férias, em que eu só não quero andar de carro). 

Podia continuar. Podia. Podia. (Tu achares que quero passar o meu aniversário aqui em cima wtf??? Dá para entender este limite na paciência?)

O não fazer nada. Faz me mal. Mais vale estar a trabalhar. A mente nao tem tempo para pensar e para se consciencializar que esta nao e a vida que, ha anos pensavas em viver, quando o que eu queria era sair da aldeia.

Ah, e ainda ha a tal consulta pelo meio.


05 agosto 2017

Body Balance

Efeito terapêutico que tem em mim.


30 julho 2017

Da Necessida Da Escrita

As metáforas podem até impressionar
Mas não são nada práticas
Golgona Angel

Sim, a precisar de escrever.


10 julho 2017

Quando os ciclos duram mais que 25 dias, a mente começa a efabular. 

A não ser, que sejam sempre de 25 dias. Não é pedir muito. 

(eu sei, é o cansaco, falta de tempo para ter tempo)

09 julho 2017

What If?

Vigésimo e oitavo dia, hoje.


03 julho 2017

O Rapaz Dos Blocos

Fraquinho, fraquinho o livro. 

(E tão dramático e tão lamechas) 

Não serviu o propósito para que foi comprado e, ainda, o li na diagonal.

27 junho 2017

Como é que dizem?

Os nacional é para ouvir de persianas fechadas e, eu acrescento, dançar de pés descalços.

Se há bandas que ainda conseguem melhor do que já fizeram, esta é uma delas.

Esta música é das melhores coisas que ouvi nos últimos tempos https://youtu.be/9AmIeUc1LzM.

(No sábado estive o ouvir o novo álbum ao vivo, com as persianas fechadas e com os pés no chão e sim ti, J. Achas que esta letra nos define neste momento? Estás a anos luz da minha neurastesia. E, eu sei que tb estou a canalizar a minha revolta nesse sentido que não é o mais saudável. Esta difícil, muito difícil, suportar tudo o que está relacionado com a tua família. Até os passos me incomodam. Mas tu sabes, vai passar. Porque existe aquele elan vital, como dizia o outro, porque há sol, porque não insiste q a dor dure muito tempo, porque é a vida)

Hey baby? So we are not so tired together. But did you know? Meet me in a stairwell in a second for a glass of gin - the national nobody else will be theres




24 junho 2017

Punhalada de Inveja

Pela incúria, irresponsabilidade. E, depois, por tudo correr pelo melhor.

**ta da inveja, da raiva, da incompreensão


20 junho 2017

Quando

A tragédia começa a ter rostos. 

Dói na alma, rasga o peito


19 junho 2017

Ok blogger

Dava jeito publicares os textos que escrevo. (Senão para que serves tu?)

09 junho 2017

E o azar

Ate se pode concretizar em oportunidades de conhecimento. Ver se entro devagar neste mundo de reabilitacao.

A ver vamos

Azar

Parece que nos persegue.

Tinha q ser um exame feito num dia em que estive tonta. Se nao e azar nao sei o que sera.

Serenando lentamente. Primeiro tenho argumentos validos, e se nao for aqui sera noutro lado. E a fazer outra coisa.

(But really? Tinha que ser agora? E precisa de sujeitar alguem a uma anestesia, qd uma simples protese solucionava o problema? Really? Ou sou eu que sou antiquada? Haja paciencia para quem quer mostrar resultados desenfreadamente)

05 junho 2017

Era isto

Saltar, pular, dançar a noite toda em cima da relva.

Ao som dos nacional.

Não sendo possível, os gift tb servem.

https://www.instagram.com/p/BSgcFJvhJ0r/

(A ouvir national e a ler compulsivamente. Para lentamente ir aceitando)

17 maio 2017

Alguma dia ia acontecer

Confrontar me com duas mães com a sua recém nascida.

Preconceito?! Foi no privado que o fizeram mas não concordo que tirem a oportunidade a um casal (homem e mulher) no público.

(É preconceito, bem sei que sim.)

02 maio 2017

Porque há sol, esta música

https://youtu.be/6q5Zn_ZkehM

E, não sabemos como a história acaba.

(Fábula maravilhosa, este filme)

25 fevereiro 2017

Não está fácil esquecer o trabalho.

(faz exactamente um ano que me queixava do mesmo. Sinto-me assoberbada e ainda reclamam com os resultados. Amanhã será melhor, a semana será melhor. Esquecer e senao for ali será noutro lado, a fazer outra coisa. Não posso é ficar maluca com isto, com os resultados que saem fora do expectável)

16 fevereiro 2017

A precisar de escrever.

01 janeiro 2017

O passar dos anos

Vem o tempo em que não se consegue dizer que não? É isso?

Acabou por correr bem e de gostar de as ter cá, mas ter que subir meia noite para brindar com sogros e cunhados não estava nos planos. (sim, continuo magoada. Nao consigo nao mostrar que não estou)

Argh

...velhas trapaças...